O que é Finimp e como funciona?

Finimp, ou Financiamento para Importação (Finimp), é um assunto bastante conhecido por quem opera com comércio exterior.

No entanto, é interessante que empreendedores que não realizam transações com mercados estrangeiros conheçam essa possibilidade. Afinal, é uma opção que viabiliza uma melhor gestão do negócio.


Conheça a seguir as linhas de financiamento para importação, como elas funcionam e são disponibilizadas!


1. O que é Finimp e como funciona?

O Finimp são linhas de crédito disponíveis para quem financia a aquisição de produtos, serviços ou bens no comércio exterior. Elas funcionam exclusivamente para pagamento de fornecedores estrangeiros.

Na prática, o exportador estrangeiro recebe o valor total da compra e dos serviços à vista. No entanto, o importador efetuará o pagamento à instituição que concedeu o crédito de forma parcelada.

E por que o Finimp é mais atraente do que o crédito convencional? Porque suas taxas são mais baixas se comparadas aos serviços comuns. Além disso, se refere ao mercado internacional, pois os recursos ofertados nas linhas de financiamento para importação são captados no mercado estrangeiro.

Por este motivo, o empreendedor encontra Finimp não só em bancos nacionais e instituições financeiras privadas, mas também em consultoras de câmbio. Há, ainda, formas de negociação direta com instituições internacionais ou indireta com o intermédio de um banco brasileiro.

Os recursos são disponibilizados, normalmente, em dólar ou euro. Quando há intermediação por banco brasileiro, é possível negociar valores em reais. Entretanto, para entender o Finimp, como funciona e suas vantagens, é preciso entender as modalidades das linhas de financiamento para importação.


2. Tipos de financiamento disponíveis para quem importa

Agora você já entendeu melhor o Finimp, o que é e como funciona. Para aprofundar no conhecimento, precisamos falar das duas modalidades básicas do financiamento para importação: Finimp direito e Finimp repasse.


O Finimp direto ocorre quando o empreendedor negocia diretamente com uma instituição financeira atuante no mercado internacional. A captação dos recursos é feita no exterior e repassada aos fornecedores e prestadores de serviço estrangeiros. Não há incidência de tributos como o IOF (Imposto de Operações Financeiras).


Já o Finimp repasse, apesar de os recursos serem captados no mercado internacional, há o intermédio de um banco brasileiro. A instituição nacional solicita o crédito e o repassa ao empresário. Por causa disso, o cálculo de taxas e juros sofre incidência do IOF (Imposto de Operações Financeiras).



Taxas e impostos sobre o crédito concedido

As taxas praticadas no Finimp são as mesmas utilizadas no mercado internacional. Poderão incidir sobre o valor, conforme o contrato, taxas como Euribor, Libor, Eurolibor, CDI, e outras.

De acordo com a modalidade do Finimp e as especificidades da instituição financeira, pode incidir IOF (Imposto Sobre Operações Financeiras).

De modo geral, também incide Imposto de Renda (IR) sobre os rendimentos enviados ao mercado externo, que varia conforme o país de negociação dos recursos e a natureza da remessa. Os valores variam entre 12,5% e 25% em países considerados paraísos fiscais.


3. Quais as vantagens do Financiamento para Importação

Uma empresa que busca financiamento para importação usufrui de 5 principais vantagens.

São elas:

  1. Financiamento de 100% da importação, o que inclui custos com transporte, fornecedores, logística, fretes e tributos.

  2. Prazos maiores de pagamento, inclusive com primeiro pagamento em até 360 dias após a concessão do crédito.

  3. Gestão otimizada de fluxo de caixa, devido à previsibilidade do pagamento do Finimp.

  4. Possibilidade de fixar taxas e câmbio, ao invés de lidar com a oscilação ao longo do tempo.

  5. Taxa de juros mais atrativas, pois trata-se de mercado internacional.


4. Como solicitar o Finimp

Empresas de qualquer porte podem solicitar o Finimp, desde que sejam registradas na Receita Federal como empresas importadoras.

Depois do registro, basta pesquisar instituições financeiras, públicas ou privadas, que oferecem linhas de financiamento para importação.

Nossa dica é comparar taxas, flexibilidade e condições para a concessão do crédito. Por fim, avalie os contratos e tire todas as dúvidas com o gerente responsável pelo setor. Se você tem bom relacionamento com a instituição, as chances de ter seu crédito aprovado são maiores.

O Finimp é uma ótima estratégia para o empresário que deseja expandir o negócio e aumentar suas vendas. Buscar bens, produtos e serviços no mercado internacional é, também, aproveitar as tendências mundiais para se destacar no Brasil.


Fonte: Administradores.com.br


E você, já pensou em iniciar suas operações de importação?

Consulte nossa consultoria em câmbio, a Onnix pode te ajudar com isso!


Entre em contato agora mesmo, clique AQUI.



27 visualizações0 comentário