Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta quinta-feira - Investing

Os cortes de energia no Texas continuam afetando as famílias e a produção de petróleo do estado.

Os pedidos de seguro-desemprego e os dados do mercado imobiliário americano ficam no radar, enquanto a Câmara dos Representantes realiza uma audiência sobre o caso do short squeeze da GameStop (NYSE:GME).

Os futuros dos índices dos EUA caem e o Facebook ({{NASDAQ:FB) (SA:FBOK34) tem mais problemas com a Austrália.


Aqui está o que você precisa saber sobre os mercados financeiros na quinta-feira, 18 de fevereiro.


1. Petróleo cai, mas o Texas ainda congela

Os preços do petróleo bruto recuaram das máximas de 13 meses, uma vez que as paralisações no Texas continuaram a manter cerca de 40% da produção de petróleo dos EUA parada.

As interrupções ainda podem ser amplamente compensadas com o uso de estoques acima das médias históricas, embora tenham caído acentuadamente nas últimas semanas. Dados do American Petroleum Institute mostraram uma queda de 5,8 milhões de barris dos estoques de petróleo bruto na semana passada, muito mais do que os 2,1 milhões esperados. Os dados de estoques do governo devem sair às 12h30, horário de Brasília.

A operadora de rede texana ERCoT diz que os apagões contínuos devem continuar até quinta-feira, e ainda não deu um prazo firme para restaurar a energia em todo o estado. As interrupções afetaram não apenas os campos de petróleo e gás e oleodutos do estado, mas também as refinarias que processam o petróleo.

O aumento ofuscou uma reportagem do Wall Street Journal na quinta-feira dizendo que a Arábia Saudita estaria pensando em reverter a decisão unilateral de cortar 1 milhão de barris extras por dia de produção a partir de abril.


2. Audiência GameStop na Câmara

O Comitê de Serviços Financeiros da Câmara dos EUA irá ouvir depoimentos dos chefes da Robinhood, Citadel, Melvin Capital e Reddit na quinta-feira, enquanto os reguladores tentam descobrir o que causou o pico no GameStop, AMC Entertainment (NYSE:AMC) e outras "ações memes" há algumas semanas.

O comitê está procurando por sinais de manipulação no mercado após a forte venda das ações da companhia aparentemente orquestrada por usuários do fórum do Reddit, r/wallstreetbets.

Um dos que prestarão testemunho será Keith Gill, conhecido pelos usuários do Reddit como Roaring Kitty. Gill foi o alvo de uma ação coletiva com alegação de fraude em títulos, na quarta-feira. O processo foi movido pela firma de ação coletiva Hagens Berman Sobol Shapiro em nome de Christian Lovin, do estado de Washington, e indivíduos em situação semelhante, informou a Bloomberg.


3. Ações devem abrir em queda; Facebook tem problemas judiciais em Oz

Os mercados de ações dos EUA devem abrir em baixa, seguindo a alta dos Treasuries americanos e o movimento de troca de papéis de tecnologia por ações cíclicas.

Por volta das 8h35, os futuros do Dow Jones, do S&P 500 e do Nasdaq caíam 0,32%, 0,41% e 0,75%, respectivamente.

Esta última luta, mais especificamente, com o movimento de troca de papéis de tecnologia mais caros para nomes de 'valor': movimento antecipado pela rotação parcial da Berkshire Hathaway (NYSE:BRKb) (SA:BERK34) da Apple (NASDAQ:AAPL) (SA:AAPL34) para a Chevron (NYSE:CVX) (SA:CHVX34), Cerizon e Marsh & McLennan (NYSE:MMC) (SA:M1MC34).

Outras ações que provavelmente estarão em foco incluem o Facebook, que causou nova controvérsia durante a noite ao proibir o compartilhamento de notícias na Austrália em resposta à nova lei do país que o obriga a pagar aos editores pelo que exibe.


4. Pedidos por seguro-desemprego, moradias

Os EUA divulgam os pedidos iniciais de seguro-desemprego, que tem como expectativa 765.000 novas solicitações na última semana, o que representaria uma baixa de dois meses, embora ainda seja maior do que qualquer coisa testemunhada em tempos pré-pandêmicos recentes.

O país também divulga os dados de início de moradias e de licenças de construção de janeiro, tudo às 10h30.

Os números vêm um dia depois de dados de vendas no varejo muito mais fortes do que o esperado, que tranquilizaram o mercado sobre a força da demanda do consumidor.

O presidente do Fed de Atlanta, Raphael Bostic, deve falar às 12h.


5. Airbus projeta 2021 morno; Membros do conselho da Boeing (NYSE:BA) (SA:BOEI34) renunciam

A Airbus disse que espera que as entregas de aviões permaneçam estáveis ​​neste ano, após uma queda sem precedentes em 2020.

A receita da gigante aeroespacial europeia caiu 30% no ano passado e balançou para um prejuízo operacional de 510 milhões de euros (US$ 612 milhões).

Já a rival Boeing registrou perdas muito maiores devido a problemas específicos da empresa com o programa do 737 MAX. A companhia disse na quarta-feira que os diretores Susan Schwab e Arthur Collins iriam deixar o conselho e não buscariam a reeleição este ano.

Já a Air France-KLM disse que espera mais apoio do governo depois de cair para um prejuízo líquido de mais de 7 bilhões de euros no ano passado.


Fonte: Investing

2 visualizações0 comentário